quinta-feira, 16 de junho de 2016

Às vezes só precisamos que alguém acredite em nós


Sou Educadora de Infância, um curso que tirei com orgulho e muita dedicação, com ajuda e muito esforço por parte dos meus pais! 

Mas sim Baby Be tens razão e a mãe não ensina crianças no hospital, esta foi a outra pergunta difícil que fizeste à mãe neste dia Aqui .

Faz-te confusão se calhar não sei ou então é apenas a tua curiosidade, mas de facto a mamã não ensina crianças no hospital, trabalhar neste local foi uma oportunidade que surgiu para fazer face a difícil caminhada que é ser docente no nosso país.

Uns falam da geração do desemprego, outros justificam com a crise, não te sei explicar bem sei apenas dizer-te que para a mãe não tem sido fácil, mas não é por isso que deixarei de ter orgulho na Licenciatura que tirei! 

Se gosto deste novo desafio como muitos perguntam sim gosto, mas gostava de ter outros objetivos para mim sabe a pouco, sempre fui desafiante comigo mesma, sempre gostei de aprender mais e mais e nesta aventura de mudar de área profissional, para conseguir fazer uma carreira colocando de parte o curso que tirei tornou-se tarefa muito difícil, pois quando tiras um curso de gestão as empresas dão-te oportunidade de seguires várias áreas e desta forma tens uma evolução profissional e económica muito boa, o mesmo acontece em cursos de marketing, contabilidade, entre muitos outros, mas quando tiras um curso na área da educação as empresas ou os diretores de RH das empresas acham que ser Professor ou Educador com os mesmos anos de estudo de tantos outros cursos, não serve para muito mais, ou seja é difícil evoluíres ou mesmo concorreres a oportunidades melhores onde tu própria vês que até conseguias fazer aquela ou outra tarefa, até conseguias chegar onde tantos outros chegaram, eu continuo a acreditar e a lutar para chegar lá e foi neste grupo enorme que a mãe apostou e acho que não me vou desiludir.

Às vezes só precisamos que alguém acredite em nós e nas nossas capacidades, precisamos apenas de uma estrela e com esforço dedicação e muito trabalho chegamos lá, pelo menos eu tenho a certeza que chegaria lá se alguém de facto acreditasse em mim.

Este novo desafio não tem sido fácil por vários motivos são os horários rotativos, fins de semana, ordenados muito baixos, factores que todos juntos fazem a mãe não estar tão satisfeita como gostaria, mas o amanhã ninguém sabe como vai ser por isso vamos esperar. 

Agora tu pensa bem antes de escolheres, pensa com o coração mas também com o olho no futuro.

Eu e o pai vamos estar sempre aqui para te apoiar e ajudar.

Que as minhas pedras no caminho sirvam para tu construíres uma estrada que leve onde tu mais desejares! 



Sem comentários:

Enviar um comentário