domingo, 3 de maio de 2015

As saudades de uma Mãe


Sempre tive uma mãe, um Pai, tive uma mãe emprestada e uma avó que ainda hoje é também minha mãe!

Sempre tive o carinho a compreensão e o amor destas pessoas, mas sempre falei muito mais do meu pai do que da minha mãe, e hoje acho que devo dar uma explicação sobre isso, não é que alguém algum dia me tenha questionado, ou que a minha mãe alguma vez tenha dito algo sobre isto, mas neste dia tão especial para ela eu devo-lhe uma explicação!

O meu Pai sempre esteve mais ausente (por motivos profissionais) e daí eu sentir mais saudades dele, falar mais nele, dizer em voz alta que o amava e que ele era é o meu herói, a distância sempre foi a causadora das saudades, ou pelo menos nas nossas mentes assim é. Mas a verdade é que eu senti saudades da minha mãe e da minha avó no primeiro dia em que vim viver para a minha casa, não houve grandes despedidas nem se falou muito neste assunto, aliás se pensar bem, sei que fui trazendo as coisas aos poucos e ouve um dia que saí.

O primeiro dia foi giro era diferente, de namora, alegria partilha um momento novo, mas as saudades da minha Mãe apertavam e foi aqui que me fez o click...

Afinal eu gostava dos dois da mesma maneira apenas sentia mais a ausência dele do que dela.

Agora sinto a ausência dos dois, mas é bom, é bom percebemos o quanto somos ligados e unidos.

Sinto saudades de me deitar na cama da minha mãe e dormir com ela.

Sinto saudades do cheiro a perfume quando acordava e ela já tinha saído.

Sinto saudades de lhe pedir para me esticar o cabelo.

Sinto saudades dos abraços, dos beijos de boa noite.

Sinto saudades dos ralhetes por as coisas não terem sido feitas.

Sinto saudades de jantar com a minha avó e ver a novela com ela.

Sinto saudades do cheiro dos pequenos-almoços do fim-de-semana.

Sinto saudades de ir a praça no sábado, de ir a feira ou ao supermercado.

Sinto saudades de ti Mãe, sabes porquê? Porque sentir saudades é isto mesmo é darmos valor ao que temos e ao que não temos, significa amor, carinho, união, cumplicidade, e a verdade é que nós somos assim unidas tu costumas dizer muitas vezes que o nosso cordão nunca foi cortado, e eu acredito nisso, a nossa telepatia é incrível, à distância consigo saber quando estás triste, quando estás feliz, quando tens uma dor ou um problema, e sei que tu sabes o mesmo de mim.

Gosto tanto de ti que por vezes até fico assustada com o meu coração, gosto que me ligues de 5 em 5 minutos, que troques mensagens, que fiques furiosa quando não te atendo o telemóvel, gosto de ti assim como és.

Agora sou mãe, a única coisa que quero é ser como Tu, quero que a minha filha seja adulta e sinta estas mesmas saudades, esta mesma telepatia, este mesmo amor.

Com todos os teus defeitos e com todas as tuas qualidades que celebremos muitos dias especiais como o de hoje.

Porque ele é o meu herói e porque tu és a minha Rainha, a Rainha de tudo aquilo em que me transformei. Obrigada

Feliz Dia da Mãe!