domingo, 24 de agosto de 2014

Palavras de Miguel Esteves Cardoso

Olá,

Deviam estar todos a pensar que o blog não ia ter continuidade... Eu sei mas fomos de férias e férias é de tudo até do Blog, não deveria ser eu sei, mas desta vez tinha que ser assim.

Estas férias consegui acabar de ler um livro que já tinha comprado a algum tempo, mas não tinha conseguido acabar de o ler, aconselho a todos que o leiam os que já sabem usufruir da vida e os que ainda não sabem. "Como é linda a pura da minha vida" de Miguel Esteves Cardoso


O Livro tem muitas partes interessantes mas nestas férias marcou-me essencialmente estas palavras que queria deixar-vos:

" Perder tempo não é como gastar dinheiro. Se o tempo fosse dinheiro, o dinheiro seria o tempo.
Não é. O tempo vale muito mais que o dinheiro. Quando morremos, o que mais subsiste e insiste é a quantidade de coisas que continuam a existir, apesar de nós.
O nosso tempo de vida é a nossa única fortuna. Temos o tempo que temos. Depois de ter acabado o nosso tempo, não conseguimos comprar mais. Quando morreu o meu pai, foi-se com ele todo o tempo que ele tinha para passar connosco. As coisas dele ficaram para trás. Sobreviveram. Eram objectos. ...
.... As pessoas dizem time is money para apressar quem trabalha. A única maneira de comprar tempo é de precisar de menos dinheiro para viver para poder passar menos tempo a ganhá-lo..." 

Pois é. O tempo é difícil, mas seria tudo mais fácil se cada um de nós soubesse aproveitar a vida, o tempo de vida! 

Beijinhos 

Sem comentários:

Enviar um comentário